Cardápio Feroz

Descubra Como Emagrecer Comendo de Forma Natural

Emagreça com saúde, comendo comida de verdade e de forma duradoura com a Dieta Paleo ou dieta paleolítica.

Seque sua barriga e entre novamente em suas roupas…

A dieta paleo é a forma mais simples e eficiente de emagrecer rapidamente e manter seu peso sem esforço, sem precisar de academia, passar fome ou contar calorias.

Tudo naturalmente, e assim, será mais admirada e atraente.

Baseada nos trabalhos dos maiores médicos, nutricionistas, nutrólogos e cientistas do mundo como:

Dr. Loren Cordain, Dr. Joseph Mercola, Dr. Williams Davis, Sean Croxton, Gary Taubes, entre outros profissionais respeitados que se empanham em espalhar a verdade sobre o emagrecimento definitivo para o mundo.

Dieta Paleo: O que é e como fazer.

Dieta Paleo, ou dieta paleolítica, consiste, basicamente, em se alimentar com Comida de Verdade, ou seja comida natural. Tornando-se uma espécie de caçador-coletor moderno.

Comer quando sentir vontade, o quanto quiser, até se sentir saciado e não se preocupar com horários ou com a frequência das refeições.

A dieta paleo é inspirada nos hábitos dos nossos antepassados e com práticas que parecem estranhas aos olhos do mundo moderno, porém novos estudos clínicos, da mais alta qualidade, demonstram que essas práticas “duvidosas” melhoram rapidamente diversos indicadores de saúde, começando pela redução da gordura corporal.

O foco da dieta paleo, em alimentos de alta qualidade (alta densidade nutricional), agem a favor do organismo, melhorando as funcionalidades do corpo e o equilíbrio hormonal .

Partindo deste equilíbrio, a compulsão por alimentos ruins é reduzida (doces, massas, etc), percebendo-se aumento da energia, ou seja, disposição e emagrecimento em poucas semanas.

Dieta PaleoBack

dieta-paleolitica

Dieta paleo: como surgiu e quais são os fundamentos.

A base da dieta paleo (dieta paleolítica) é inspirar-se na alimentação através da qual o homem evoluiu pela maior parte da sua história, até o início da agricultura e, principalmente, após a explosão da indústria alimentícia (no século passado).

Muitas reflexões sobre o estilo de vida paleolítico são desenvolvidos, como as de Mark Sisson, um dos principais precursores do estilo de vida paleolítico, sobre a ideia por trás da dieta paleolítica:

Os grãos e as leguminosas não estavam disponíveis antes da agricultura, registros fósseis comprovam que a saúde humana piorou muito pós-agricultura.

Os agricultores eram baixos, tinham cáries, cérebros pequenos e ossos frágeis, comparados aos caçadores-coletores. Além da expectativa de vida também diminuir.

Os xaropes de alta frutose, conservantes, óleos vegetais, corantes, estabilizantes, e afins, só foram disponibilizados com a indústria de alimentos, nos últimos 100 anos.

Hoje somos mais gordos, mais diabéticos e temos mais câncer e doenças cardíacas do que as pessoas que viviam há mais de 100 anos, mesmo levando em conta as diferenças de expectativa de vida (graças ao desenvolvimento da medicina, condições de saneamento, etc.).

Grande parte dessas doenças estão fortemente ligadas ao nosso estilo de alimentação e vida “modernas”.

Deveríamos olhar com mais atenção, de forma muito mais cética, para alimentos que passaram a ser disponibilizados para o ser humano apenas nos últimos 1000 ou 100 anos?

Desta forma, nozes e sementes, frutas, raízes e tubérculos, as carnes, peixes e aves, que já estavam disponíveis para os caçadores-coletores por milhões de anos, possam sim, de verdade, ser bons para nós?

É certo dizer que, a dieta paleo, ou dieta paleolítica, cresce dia a dia,  e na verdade, ela é um estilo de vida!

Dieta paleo: Veja depoimentos de quem já fez.

Summary
Review Date
Reviewed Item
Cardápio Feroz
Author Rating
51star1star1star1star1star